24 de Novembro DE 2017 | SOBRE ESTE BLOG
Sábado, 15 de Julho de 2017, 07h:51
Tamanho do texto A- A+

Política / NA CÂMARA

Vereadores aprovam por unanimidade Lei de Diretrizes Orçamentarias para 2018

A peça orçamentária está estimada em R$ 2.425.394.575 e recebeu quatro emendas parlamentares.
DA SECOM

 

A Câmara Municipal de Cuiabá aprovou, por unanimidade, nesta sexta-feira, o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2018. A proposta está de acordo com o Plano Plurianual Anual (PPA).


A peça orçamentária está estimada em R$ 2.425.394.575 e recebeu quatro emendas parlamentares. “Foi uma sessão com resultados tranquilos”, disse o líder do prefeito, vereador Lilo Pinheiro.


A LDO é a base para formulação do orçamento geral de Cuiabá para o ano que vem.

Para o vereador, a novidade da LDO é a instituição das emendas parlamentares, conforme ocorre no Senado Federal, Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa.


Outras emendas aprovadas pelos vereadores dizem respeito a realização de audiências públicas regionalizadas para que o orçamento possa ser melhor distribuído. 


O vereador assegurou que a peça contempla melhor planejamento das ações. “A discussão em torno do projeto foi de alto nível e sempre preocupado com os interesses da nossa Capital”, afirmou.


Foram 21 votos. Foram registradas três audências em plenário e o presidente da Casa só vota em caso de empate.


A LDO contempla as metas e prioridades da administração pública, orientando para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA).


A Lei de Diretrizes mostra a proposta de equilíbrio entre receita e despesa, critérios e formas de limitação de empenho, normas relativas ao controle de custos e a avaliação de resultados, demais condições e exigências para transferências de recursos para entidades públicas e privadas.

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Blairo passa por cateterismo no Sírio Libanês, em SP

Jayme sinaliza para saída do DEM da base de Taques

Justiça Federal absolve ex-presidente do Intermat

Governo desiste de mudar nomes de duas escolas no interior

VEJA MAIS

Vídeo comentário

O Governo Pedro Taques gosta de viver perigosamente

VEJA MAIS

ARTIGOS

MT é exemplo para o mundo

Por: CARLOS FÁVARO

Existe sempre uma fila

Por: RENATO NERY

Vencedores do preconceito

Por: GRACI MIRANDA
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Ciro Gomes não acredita que Taques se reeleja em Mato Grosso
  2. Jayme diz que escolha de Fábio Garcia para presidir DEM terá de ter consenso
  3. Juíza dá 72 horas para Estado se manifestar sobre cobrança de juros
  4. Guilherme Maluf quer instalar CPI na AL para investigar consignados
  5. TV francesa aponta Maggi como político bilionário com reputação controversa

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL