16 de Dezembro DE 2017 | SOBRE ESTE BLOG
Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 17h:03
Tamanho do texto A- A+

Política / CAIXA INSUFICIENTE

Sem dinheiro do FEX, Estado pode voltar a escalonar salários dos servidores

O projeto que libera o auxílio financeiro foi aprovado na Câmara, mas só deve entrar na pauta do Senado na sessão de terça-feira
SÍLVIA DEVAUX
DA REDAÇÃO

 

O recurso do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX), que o Governo de Mato Grosso luta para receber ainda na próxima semana, não serão suficientes para pôr toda a conta em dia. Segundo o secretário-chefe da Casa Civil, Max Russi, o Estado espera com ansiedade esse repasse da União para pagar os salários e 13º dos servisores estaduais e honrar compromissos com os fornecedores.

 

"Vai diminuir bem os nossos passivos e pôr as contas quase em dia, na sua totalidade", assinalou Russi durante entrevista nesta quinta-feira (07) à Rádio Capital FM 101,9. Ele pontuou que, além das remunerações, parte será aplicada na a saúde, educação, alguns investimentos em obras e para pagar as emendas parlamentares atrasadas.

 

Dos R$ 1,9 bilhão de FEX 2017 que o Governo Federal tem que compensar os estados exportadores, Mato Grosso receberá R$ 496 mil, sendo que apenas R$ 372 milhões vão ficar para o Executivo e os R$ 124 mi restantes serão divididos entre os municípios. 

 

O Governo contava com o FEX para pagar a folha de novembro integral no dia 10, mas o projeto que libera o auxílio financeiro foi aprovado na noite de ontem na Câmara e só deve entrar na pauta do Senado na sessão da próxima terça-feira (12), assim novamente o pagamento dos servidores depende da arrecadação própria do Estado que ainda não deu nenhum sinal sobre os salários.

 

EMENDA DA SAÚDE - O Estado tem também cerca de R$ 126 milhões da emenda coletiva da bancada federal para receber, que o secretário espera que seja repassado até o dia 20 deste mês para ajudar o encerrar o ano com todas as contas pagas.

 

 

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Policia Federal devolve celular da deputada Janaina Riva

Aliados querem lançar Maia à Presidência da República

Juíza Célia Vidotti é escolhida para vaga no TRE-MT

Fábio Garcia e Sachetti assinaram fichas de filiação ao DEM

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Vereadores se colocam como servidores públicos: não são!

VEJA MAIS

ARTIGOS

Fake news e boi brasileiro

Por: AUREMÁCIO CARVALHO

Presos provisórios no Brasil

Por: HÉLCIO CORRÊA

Cínico eleitor!

Por: ELIZEU SILVA
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Terra sem lei: segurança não existe no interior de Mato Grosso
  2. Taques perderia para Blairo numa disputa ao Governo de Mato Grosso
  3. PF vasculha escritório e casa do deputado Savi atrás do celular dele
  4. Aliados querem lançar Maia à Presidência da República
  5. Polícia Federal descarta crimes de ministros do Supremo

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL