16 de Dezembro DE 2017 | SOBRE ESTE BLOG
Domingo, 13 de Agosto de 2017, 07h:06
Tamanho do texto A- A+

Política / SEGUNDO EDER

Portugueses ficaram “chateados” ao serem descartados

A Ferconsult foi a responsável pelo projeto básico das obras do VLT, mas não pôde participar da licitação
SÍLVIA DEVAUX
DA REDAÇÃO

 

Trecho de uma das mensagens salvas, em 2014, no e-mail fictício para o promotor de Justiça Marcos Regenold Fernandes, o ex-secretário estadual Eder Moraes (Casa Civil e Secopa) falou que os portugueses da Ferconsult ficaram “chateados com o governador porque fizeram tudo e foram descartados depois sem nenhuma justificativa”.

 

 

ferconsult

 

A Ferconsult foi a empresa pública portuguesa especializada em Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) que fez os estudos para a troca dos modais de transporte para a Copa de 2014 em Cuiabá, de BRT pelo VLT. A doação do projeto básico Governo de Mato Grosso, que teve um custo de R$ 14 milhões e teria sido intermediado pelo assessor da Vice-Governadoria, Rowles Magalhães, revelaria o interesse dos empresários e do lobista em lucrar com a possibilidade de realizarem uma Parceria Público-Privada (PPP).


Em sua delação ao Ministério Público Federal, durante a semana, o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) lembrou que a conclusão da obra pela proposta da empresa portuguesa não ficaria pronta para a Copa e por isso foi descartada de participar da licitação pelo grupo. Silval disse que quanto a isso não poderia dar mais informações, pois as tratativas eram feitas pelo secretário-extraordinário da Copa na época, Maurício Guimarães, e ele não sabe informar os nomes dos representantes da Ferconsult.


Conforme informou Eder ao promotor do MPE, se tratava de Marco Aurélio Sousa Martins e João Monteiro. Em abril de 2011, Silval liderou uma comitiva em viagem a Porto, em Portugal, para conhecer o sistema de transporte coletivo e ver de perto o impacto da adoção do sistema de transporte na vida da população local. Na cidade foi recebido pela vice-cônsul do Brasil, Rosely de Mathemeier, e nesta ocasião pode ter se encontrado com os portugueses que ele diz não conhecer.


Entre os integrantes da comitiva estavam o presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, o primeiro secretário da AL, Sérgio Ricardo e o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB).

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Policia Federal devolve celular da deputada Janaina Riva

Aliados querem lançar Maia à Presidência da República

Juíza Célia Vidotti é escolhida para vaga no TRE-MT

Fábio Garcia e Sachetti assinaram fichas de filiação ao DEM

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Vereadores se colocam como servidores públicos: não são!

VEJA MAIS

ARTIGOS

Fake news e boi brasileiro

Por: AUREMÁCIO CARVALHO

Presos provisórios no Brasil

Por: HÉLCIO CORRÊA

Cínico eleitor!

Por: ELIZEU SILVA
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Terra sem lei: segurança não existe no interior de Mato Grosso
  2. Taques perderia para Blairo numa disputa ao Governo de Mato Grosso
  3. Tucanos preocupados com rejeição de Pedro Taques
  4. BR-364 será totalmente interditada nesta sexta-feira (15)
  5. PF vasculha escritório e casa do deputado Savi atrás do celular dele

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL