16 de Dezembro DE 2017 | SOBRE ESTE BLOG
Sexta-Feira, 11 de Agosto de 2017, 16h:40
Tamanho do texto A- A+

Política / SEM TORNOZELEIRA

Paulo Taques deixa prisão no Centro de Custódia de Cuiabá nesta tarde

O ministro do STJ que concedeu o HC determinou medidas cautelares para o ex-secretário cumprir
SÍLVIA DEVAUX
DA REDAÇÃO

 

A soltura do ex-secretário chefe da Casa Civil, o advogado Paulo Taques, foi cumprida no início desta tarde de sexta-feira (11), depois que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso recebeu a ordem do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que concedeu o habeas corpus na noite dessa quinta-feira (10).

 

Leia mais:

STJ determina a soltura do ex-secretário Paulo Taques

 

Paulo Taques deixou o Centro de Cuiabá de Cuiabá (CCC), onde ficou preso sete dias, após a desembargadora Antônia Siqueira, a plantonista deste dia 11 de agosto, que é feriado jurídico em comemoração ao Dia do Advogado, assinar o alvará de soltura.

 

De acordo com a decisão do ministro Reynaldo Soares da Fonseca, que concedeu o habeas corpus, o ex-secretário terá que cumprir medidas cautelares como não entrar em prédios públicos da Governadoria, secretarias de Estado de Segurança Pública (Sesp), Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Casa Civil, Casa Militar e da Polícia Militar.

 

Ele também está proibido ainda de se comunicar com integrantes do Serviço de Inteligência do Estado, não poderá se ausentar do País, sem autorização da Comarca e sem comunicação judicial, e deverá comparecer mensalmente em juízo. 

 

Ao STJ, a defesa contestou os fundamentos da prisão preventiva, ressaltando que o ex-secretário não representa perigo as investigações se estiver em liberdade. Então, o ministro deferiu o pedido entendendo que "a prisão provisória é medida excepcional, reservada para os casos de absoluta imprescinbilidade, o que não ocorreu, data vênia, na hipótese. As medidas cautelares ora impostas são suficientes, neste momento, para o presseguimento regular da apuração".

 

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Policia Federal devolve celular da deputada Janaina Riva

Aliados querem lançar Maia à Presidência da República

Juíza Célia Vidotti é escolhida para vaga no TRE-MT

Fábio Garcia e Sachetti assinaram fichas de filiação ao DEM

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Vereadores se colocam como servidores públicos: não são!

VEJA MAIS

ARTIGOS

Fake news e boi brasileiro

Por: AUREMÁCIO CARVALHO

Presos provisórios no Brasil

Por: HÉLCIO CORRÊA

Cínico eleitor!

Por: ELIZEU SILVA
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Terra sem lei: segurança não existe no interior de Mato Grosso
  2. Taques perderia para Blairo numa disputa ao Governo de Mato Grosso
  3. Tucanos preocupados com rejeição de Pedro Taques
  4. FEX será insuficiente para honrar todos os compromissos, diz Pedro Taques
  5. BR-364 será totalmente interditada nesta sexta-feira (15)

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL