16 de Dezembro DE 2017 | SOBRE ESTE BLOG
Quarta-Feira, 02 de Agosto de 2017, 15h:26
Tamanho do texto A- A+

Política / FALTA SER HOMOLOGADA

Delação de Silval Barbosa é "monstruosa", diz ministro do STF

O conteúdo já chegou ao gabinete de Fux, mas ainda não foi homologado. Para ele, "depois da Lava Jato, é a maior operação"
MARIA ANGÉLICA OLIVEIRA
O LIVRE

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux disse que a delação premiada do ex-governador Silval Barbosa já chegou a seu gabinete e é "monstruosa". O conteúdo, no entanto, ainda foi homologado. "Depois da Lava Jato, é a maior operação", afirmou. 

 

Questionado, o ministro não soube precisar se a delação de Silval está relacionada à Operação Ararath. Procurado pela reportagem, o advogado de Silval, Délio Lins e Silva, não quis comentar o assunto.

 

O fato de a delação de Silval estar na instância máxima da Justiça brasileira, o STF, significa que há pessoas com foro privilegiado envolvidas.

 

Confissões

Recentemente, o ex-governador mudou de postura e passou a fazer diversas confissões nos processos da Operação Sodoma, que apuram desvios de dinheiro na gestão dele. Com as confissões e devolução de R$ 46 milhões em bens, Silval conseguiu ser solto do Centro de Custódia da Capital (CCC), onde ficou preso por quase dois anos.

 

Nos processos da Sodoma, o ex-governador admitiu ter montado sua equipe de secretários para desviar dinheiro, que seria usado para pagar dívidas pessoais e de campanha.

 

Em depoimentos recentes à juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal, Silval chamou a atenção ao se recusar a falar sobre alguns assuntos, indicando que eles poderiam estar relacionados a pessoas com foro privilegiado. Foi o caso da dívida com Valdir Piran, dono de factorings. O ex-governador confirmou que ele e seu "grupo político" tinham uma dívida de R$ 10 milhões com o empresário, mas não citou nomes.

(0) Comentário(s)

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

enviar comentário
Confira Também

caldeirão político

Policia Federal devolve celular da deputada Janaina Riva

Aliados querem lançar Maia à Presidência da República

Juíza Célia Vidotti é escolhida para vaga no TRE-MT

Fábio Garcia e Sachetti assinaram fichas de filiação ao DEM

VEJA MAIS

Vídeo comentário

Vereadores se colocam como servidores públicos: não são!

VEJA MAIS

ARTIGOS

Fake news e boi brasileiro

Por: AUREMÁCIO CARVALHO

Presos provisórios no Brasil

Por: HÉLCIO CORRÊA

Cínico eleitor!

Por: ELIZEU SILVA
VEJA MAIS

mais lidas

  1. Terra sem lei: segurança não existe no interior de Mato Grosso
  2. Taques perderia para Blairo numa disputa ao Governo de Mato Grosso
  3. Polícia Federal descarta crimes de ministros do Supremo
  4. Tucanos preocupados com rejeição de Pedro Taques
  5. PF vasculha escritório e casa do deputado Savi atrás do celular dele

ENQUETE

Se as eleições fossem hoje e Pedro Taques fosse candidato à reeleição, você votaria nele?
PARCIAL